Bienal 2014: dica de livros – Parte 2

4 set

Conforme já noticiamos no primeiro post (CLIQUE AQUI), o blog It Babies esteve prestigiando a 23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo. E dando continuidade às dicas de livros para a criançada, nessa última postagem sugerimos as seguintes obras:

 1 – Pi-Rato!, de Maxine Lee, Editora Ciranda Cultural: “Saudações marujos! Conheça o Pi-Rato e sua aventureira tripulação. Eles são corajosos e valentes, e não tem medo de nada. Bem, quase nada…”

Bienal2

2 – Madiba – O menino africano, de Rogério Andrade Barbosa, ilustrações de Alarcão, Cortez Editora: “Com uma linguagem leve e envolvente, o autor apresenta aos leitores a história de Nelson Madiba Mandela, desde seu nascimento até os dias atuais. Nesta obra, todos poderão conhecer mais um pouco sobre esse carismático líder sul-africano que se destacou pela luta contra o apartheid (regime de segregação racial implantado na África do Sul entre 1948 e 1994).”

Bienal3

3 – O Clube do Arco-íris, de Annette Aubrey, ilustrações de Patrica Barton, Editora Girassol: “Uma obra ricamente ilustrada que ensina às crianças como lidar com a discriminação e a importância de aceitar as diferenças. Na história, a turminha do colégio vai ao zoológico e se divide em clubes que se vestem de azul ou verde, brigando bastante. Mas ao observar os animais, as crianças percebem que não se deve excluir alguém por ser diferente e montam um clube do qual todos podem participar.”

Bienal6

 4 – Manual de boas maneiras: para crianças de todas as idades, de Guto Lins, Editora Globinho: “Segundo o autor, ensinar uma criança a não falar de boca cheia, a jogar o lixo no lugar certo ou a evitar puns e arrotos em público exige perseverança e paciência. Regrinhas como essas fazem parte de uma lição maior, que será valiosa por toda a vida – o aprendizado da convivência, que não acaba nunca. O ‘Manual de boas maneiras’ se propõe a tratar do assunto de forma divertida e criativa. Guto propõe uma reciclagem de imagens, objetos e regras do bem conviver. O manual é para gente que, independentemente da idade, preserva um lado criança no jeito de olhar o mundo.”

Bienal8

5- Na minha escola todo mundo é igual, de Rossana Ramos, ilustrações de Priscila Sanson, Cortez Editora: “Neste livro poético e atualíssimo, a autora consegue envolver o leitor de qualquer idade. Uma escola em que todos os alunos convivem em harmonia, procurando superar as diferenças e dificuldades, inclusive físicas, para que todos sejam, realmente, iguais. Temas polêmicos, porém necessário serem trabalhados dentro e fora do ambiente escolar, para que, desde pequenas, as crianças percebam que todos possuem direitos iguais e que devem ser respeitadas as suas diferenças. É o anúncio de uma nova concepção: a educação inclusiva.”

Bienal7

Bom, essas foram algumas de nossas sugestões e seleções de livros. A Bienal tem uma infinidade de títulos, para todos os gostos, idades e diferentes gêneros literários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: